voltarVoltar

5 dicas para defender o orçamento da sua operação de prevenção a fraudes

Redação AllowMe
Siga no Linkedin

Um dos maiores desafios de quem está à frente das operações de prevenção a fraudes é conseguir investimento suficiente para que um produto seja lançado com equilíbrio entre segurança e experiência do usuário. 

É comum vermos empresas online (bancos digitais, programas de pontos, varejos online, carteiras digitais, delivery, cias aéreas, adquirentes, convênios médicos, locadoras de veículos, entre outros) lançarem seus produtos no mercado – exceto aqueles mercados regulados e/ou com bastante maturidade – sem priorizar o tema. 

O motivo é simples: a dor do prejuízo financeiro e reputacional ainda não existe, afinal, para muitos, prevenir fraude ainda é diminuir receita.

Apenas com essa introdução já é possível imaginar o quão difícil isso se torna, por exemplo, quando a pessoa responsável é a única na área. Também conseguimos entender que é difícil pensar estrategicamente na prevenção e detecção se essa mesma pessoa está mergulhada na operação, reagindo às perdas como consequência da falta de investimento.

Veja também: 

Com certeza será difícil conseguir budgets expressivos, principalmente se a perda financeira for inferior ao custo/investimento da área de prevenção e às tecnologias que fazem parte dessa estrutura. 

Mas como ter certeza se o custo/investimento é maior ou menor que as perdas totais? Neste artigo você encontrará dicas que ajudarão a montar sua defesa para o budget de 2023 e dos próximos anos:

1 – Elabore um business plan (BP) 

Business Plan, ou Plano de Negócios, trata-se de um mapeamento de como será a operação de um negócio ou área. 

Ele apresenta-se como um manual que descreve os elementos necessários para o negócio funcionar, como: quanto vai custar, onde e como levantar capital, por quanto serão vendidos os produtos ou serviços, e como o lucro será adquirido. 

Saiba gerir seu *P&L, bem fundamentado, ele incentiva a tomada de decisão ou ação a respeito da sua área e da geração de receita da sua empresa.

*(Profit and Loss Statement, ou demonstrativo de lucros e perdas. Esse é o tipo de relatório das corporações que tem o objetivo de mostrar se um negócio está dando lucro ou prejuízo). 

Geralmente ele é desenvolvido durante os estágios iniciais do projeto e traz direcionamentos bem específicos sobre as eventuais tomadas de decisões, respondendo às perguntas se o que está planejando enquanto área é maior ou menor que as perdas projetadas de acordo com o tamanho da empresa, projeções de crescimento, o comportamento do seu mercado, apetite de risco e impactos reputacionais – a sua marca. 

Montar o BP traz a necessidade de compreender também o fluxo de contato com o seu cliente final, identificando os pontos de fragilidade para que possa ser feita uma projeção da contratação de tecnologias e uma inteligência de prevenção em camadas que entregarão o equilíbrio ideal para sua defesa. 

Adicionalmente, considere informações de mercado, dados do recorte de fraudes no Brasil e nas regiões que você atua com os tipos de fraudes e golpes mais aplicados em seu segmento. É importante saber o quanto seu mercado está mais exposto às fraudes. 

2 – Saiba como a sua área é classificada dentro da companhia e se há benefícios fiscais a considerar em seu planejamento

Saber se a sua área é considerada custo, despesa ou investimento é fundamental para o alinhamento das estratégias e tomada de decisão. 

Muitas empresas consideram a área de prevenção a fraudes como um custo variável operacional e isso afeta diretamente a margem bruta da empresa, trazendo maior dificuldade de defesa, uma vez que se trata de uma métrica de acompanhamento contínuo. 

O conceito de custo variável, como o próprio nome diz,  é a ligação direta que varia de acordo com a geração de receita. Entretanto, a área de prevenção a fraudes tem crescido exponencialmente devido à aceleração da digitalização e a defesa pode seguir o caminho da área ser também uma provedora de aumento de receita, permitindo assim que novos clientes legítimos possam trazer mais receita para a empresa. Considere o quanto seu projeto aumentará a conversão. 

Além disso, é importante considerar os benefícios das classificações de perdas para abatimentos de impostos, gerando também um resultado positivo no seu P&L. 

Lembre-se que fraude 0 é igual a receita 0, então as perdas precisam ser calculadas e planejadas.

3 – Conheça muito bem o seu cliente legítimo

É fundamental ter o pleno conhecimento do seu público-alvo, é ele que gera e traz a receita para a empresa, por isso conhecê-lo na sua plenitude, nos mais diferentes aspectos, pode colaborar para tomadas de decisão e estratégias muito mais assertivas. 

Contar com ferramentas inteligentes, a fim de facilitar a entrada do seu cliente, também é necessário e imprescindível para que o seu negócio seja escalável. 

4 – Utilize ferramentas que de fato tragam diferencial para a sua operação e o seu negócio e trabalhe em sintonia com os demais times

Ferramentas que possuam base relevante e atualizada tem a probabilidade maior de conhecer melhor o perfil do seu cliente legítimo, além do perfil dos fraudadores. Elas são fundamentais para a escalabilidade do projeto. 

Estudar as tecnologias que mais ajudam no equilíbrio econômico do seu projeto, considerando a performance entregue, trará a melhor opção para a orquestração inteligente das soluções. 

Analisar se a ferramenta possui um time de profissionais qualificados e que estejam em parceria contínua com seu objetivo e da sua empresa também é essencial. 

Além disso, o trabalho colaborativo com as demais áreas da empresa pode ajudar a curto, médio e longo prazo. A área de prevenção a fraudes não pode trabalhar de forma isolada, ela precisa de recursos e subsídios das demais células da empresa. 

Isso passa muito também pela maturidade de todo o ecossistema corporativo e do estilo de cultura e gestão de sua empresa. Pensar em OKRs pode ajudar os times a irem no mesmo sentido e trabalharem de forma eficiente, extraindo o que cada área tem de melhor. Envolva quem puder te ajudar a conseguir a sua melhor defesa.

5 – Considere o risco reputacional

O risco reputacional pode acontecer de diferentes formas, seja através de eventos internos ou externos, que podem prejudicar e manchar a reputação da sua empresa no mercado e na mídia. 

A sua marca tem um valor intangível e imensurável, por isso preservá-la deve ser tarefa prioritária dentro dos fluxos organizacionais da companhia. 

Uma mancha na reputação da sua marca muitas vezes pode causar prejuízos maiores do que as fraudes, sejam elas de dados ou financeiras. E essa sim é a fórmula da fraude: impactar negativamente a geração de receita. 

Se preferir estimar o valor desse impacto, veja o quanto é considerado no ativo da empresa o valor da marca e faça um cálculo considerando a possibilidade de diminuição das receitas como consequência.

AllowMe: soluções inteligentes de prevenção à fraude e proteção de identidades digitais

Como vimos, ter um budget ajustado às necessidades da operação de prevenção à fraude da sua empresa faz toda a diferença. 

Com recursos adequados para a atividade, melhores fluxos podem ser criados, ferramentas inteligentes e otimizadas podem ser implementadas e os dados e a reputação da empresa preservados. 

Neste contexto, o AllowMe apresenta-se como uma plataforma de prevenção à fraude e proteção de identidades digitais, que ajuda negócios a melhorarem seus resultados de maneira segura e simples.  

Através de seu SDK a plataforma faz a coleta e processamento de informações relevantes do device para a detecção de ameaças, segurança e prevenção a fraudes, assim como a validação de endereços (principalmente a geolocalização) e de dados cadastrais. 

Através do liveness também é feita a verificação se a pessoa que está do outro lado da tela do device ou do computador está ao vivo e não usando uma foto ou uma representação falsa na tentativa de enganar o sistema de reconhecimento facial.

Nossos especialistas em prevenção à fraude direcionam nossos clientes para que eles possam gerenciar e identificar tentativas de fraudes em toda jornada digital do cliente, diminuindo a fricção para usuários legítimos e detectando tentativas de fraude.

Quer saber mais?

Acompanhe as novidades

icone correio

Assine nossa newsletter gratuita

Fique por dentro de todos os conteúdos sobre proteção de identidades digitais