A cientista de dados Letícia Lapenda, que faz parte do time do AllowMe da Tempest, é uma das autoras de um estudo sobre Inteligência Artificial aceito e publicado por uma das instituições de engenharia mais importantes do mundo: o IEEE, Institute of Electrical and Electronic Engineers. O trabalho, intitulado “Espaço latente de autocodificadores: um estudo empírico” e assinado também por Rodrigo Monteiro e Carmelo Bastos, foi a tese do mestrado da engenheira.

Cientista de dados do AllowMe tem trabalho publicado no IEEE

 

 

 

 

 

 

 

 

Criado em 1884, o IEEE tem como objetivo promover conhecimentos aplicados à ciência e tecnologias de eletricidade e da informação em benefício da engenharia e da humanidade. O instituto tem sede em Nova Jersey (EUA) e conta com cerca de 410 mil associados, de mais de 160 países.

Letícia é engenheira da computação formada pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e o trabalho sobre autocodificadores fez parte de seu mestrado também em engenharia da computação, com ênfase em inteligência computacional, pela Universidade de Pernambuco (UPE). A tese investigou como algumas variações no processo de treinamento de autocodificadores impactam em medidas relevantes para avaliação da performance de modelos de Machine Learning.

Por que é importante?

Os resultados obtidos no levantamento embasam e dão condições para profissionais de tecnologia e data science no processo de redução de dimensionalidade de dados, evitando o “overfit” por excesso de informações.

“Com o estudo, é possível que o profissional consiga guiar melhor seus experimentos, escolhendo arquiteturas de treinamento que ajudem-o a atingir seu objetivo. A extração de características é essencial em muitas tarefas de Machine Learning”, explica Letícia, que celebrou o fato de o trabalho ter sido publicado pelo IEEE.

“É uma instituição bem reconhecida no meio acadêmico. Uma ampla base de publicações científicas do IEEE é consumida por respeitados pesquisadores”, acrescentou a engenheira do AllowMe.

Para conferir o estudo completo (em inglês) acesse o link: https://ieeexplore.ieee.org/document/9308551